domingo, 23 de novembro de 2014

Amores da minha vida

Olás...

Genética explica como são os genes e como eles trabalham. Isso cientificamente comprovado está!

O que explica, porém,  alguns sentimentos que sentimos ao longo de nossas vidas e, para algumas teorias, as quais respeito, vão  além da  vida? 

Ainda esses dias,  e quase diariamente, tão logo percebo um caso de abandono de filhos, de incapazes, eu me questiono: "Como alguém pode jogar um filho, recém-nascido, no lixo, no esgoto, em algum terreno baldio?"

Hipocrisias à parte, não gosto muito de julgar. Aprendi - com os erros da própria vida - que não tenho direito em fazer julgamentos, seja de qual ser humano for, sem ter conhecimento de causa.E, ainda, assim, me furto ao direito de julgar, e, sim, analisar, para daí tirar lições de vida.

Mas, num particular (porque em minhas inúmeras e indefinidas tentativas de justificativas para o ato de abandono de crianças, bebês ainda), não consigo encontrar explicações para quem assim age. Algumas,  até são analisadas sob a égide do Direito, como o infanticídio. Percebe-se,  porém, que os casos- e em números alarmantes de abandono de incapazes  - crescem, no Brasil.

Então, quando olho para essas "lindezas" em minha vida, e, a cada momento, desde que nasceram até este instante (gravado em minha mente e no meu coração), tenho a infinita certeza que não cometeria semelhante ato. Mas, reafirmo, não julgo os atos de ninguém. Só não consigo entender! 

Existem tantas pessoas numa fila imensa, à espera de adoção. Existem centenas de casais à espera de uma oportunidade divina de serem pais... enquanto que...

Ter histórias boas para serem contadas, relembradas. Rir do nada, chorar do que foi preciso chorar, vê-los crescendo, tropeçando nos primeiros passos; levantando e novamente caindo; tropeçando mais tarde; e ainda assim damos colo, do mesmo jeitinho que, como criança, um dia passamos. Isso deve fazer falta a quem teve essa chance... e a jogou fora, no  lixo.


Amores da minha vida! 
Na Loja "Harmonia Nativa" - Shopping Ponta Negra - Manaus/Amazonas



14 comentários:

  1. Quando baptizei as minhas filhas, fiz e apresentei aos meus amigos um estudo sobre a «Gemética - a genética dos gémeos».
    Sim, sim, Gemética fui eu que inventei :O)

    ResponderExcluir
  2. Não. Gosto de oferecer as minhas criações à Humanidade ;O)

    ResponderExcluir
  3. Gostei do tema abordado! Infelizmente situações destas são notícia nos jornais!
    Por muito fortes que sejam as circunstâncias em que normalmente acontecem, é um acto sem perdão!


    ResponderExcluir
  4. Esta São Rosas é mesmo GEMÉTICA!!! PATENTEADA!

    ResponderExcluir
  5. Amamos os filhos desde que os concebemos!
    Penso que uma mente perturbada poderá cometer uma atitude contra natura.

    Meninas lindas, as suas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é por serem minhas filhas, mas são mais lindas nas atitudes. Respeitam os mais velhos; se sensibilizam com as coisas que nos doem n´alma; corajosas; amáveis...Esse retorno, quando alguém nos encontra, é sentido, quando fazem elogio à essas características delas. Isso que considero um dos dotes que deixo...quando me for... a essas duas.

      Obrigada, querida... você é muito amável.

      Excluir
  6. Lindas,expressões simpáticas,amores da tua vida...
    Que bom!
    Beijinhos para as filhas e para a mãe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foram feitas com muiiiitoooo amor.
      Obrigada pelo carinho.

      Excluir
  7. São lindas e com essas virtudes todas, são uma preciosa raridade!...
    Beijos para a Mamãe e Filhotas.

    ResponderExcluir
  8. Mãe, a senhora é a lindeza da minha vida e do meu coração! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só quero mesmo é que você seja feliz... corra ... vá ser feliz. Todo dia é dia para se ser feliz.

      Excluir